Festival de golos…perdidos

A traquejada equipa d’Os Marialvas entrou forte na partida, com um jogo sistematizado, ao primeiro toque, criando, desde o apito inicial, inúmeros problemas aos visitados e conseguindo marcar três tentos contra apenas um dos ex universitários. Estes, na segunda parte, refrescaram a equipa e, aos poucos, foram tomando conta do jogo. Já com 2-3 no marcador, os avançados de Aveiro tudo tentaram para dar a volta ao resultado, mas sem êxito. Parecia existir uma barreira invisível que não deixava entrar a bola na baliza dos visitantes. Por duas ou três vezes, avançados isolados atiraram para fora ou para as mãos do guarda redes, e, por cerca de uma dezena de vezes, a bola, ora batia na trave, ora beijava os postes. Um autêntico festival de golos perdidos.

A AAAUA apresentou-se com: Adriano; Gonçalo Santinha, Porfírio (cap), A. Lasca, «Zitó»; Carlos Couto, Gabriel, Nicolas; Conde, Pedro Aça e «Beto» (1), tendo também jogado João Francisco (1), Gonçalo Janeiro, Érico Fernandes, Miguel C.R., «Rafa» e Daniel Ferreira.

O C.F. «Os Marialvas» entrou em campo com: Cláudio Matias; Ricardo Lages, Sérgio Albuquerque (cap), Júlio, Jorge Mendes; João Gomes (1), Miguel Artur, Carlos Miguel; Vítor, Fabrício (1) e «Canhoto» (1), tendo ainda jogado Daniel, Rodrigo Abrantes, Ladeira e «Pet».

Boa arbitragem da equipa constituída por António Silva, Paulo e «Dani».

Convívio animado no restaurante XL.